Cotidiano

Insetos, uma alternativa para os minerais encontrados na carne

Da Redação ·
Ilustração: Diana Quach
Ilustração: Diana Quach

Alimentar um planeta de sete bilhões de pessoas é um dos grandes desafios deste século, tendo em vista que a agricultura tradicional está sofrendo negativamente o impacto das alterações climáticas. Então, por que não pensar nos insetos como alternativa?  Embora continue a ser incomum e um tabu em grande parte dos países, há pelo menos dois bilhões de pessoas que se alimentam deles diariamente.

continua após publicidade

Um novo estudo indica que as pessoas podem obter deles todos os minerais que absorveriam no consumo de carne.

Não há diferença fundamental entre a proteína em insetos e na de carne ou peixe - exceto, claro, pelo fato de que há a necessidade de se consumir milhares de insetos para igualar a proteína disponíveis a partir de uma única vaca. 

continua após publicidade

Pesquisadores da King’s College London e China’s Ningbo University realizaram uma extensa investigação sobre os minerais encontrados nos insetos mais consumidos como gafanhotos, grilos e larvas.

 Em termos de concentrações brutas, nenhum dos insetos pode realmente se comparar com a carne. Com o ferro, talvez o mineral mais importante que a carne bovina fornece, apenas os grilos podem chegar perto e nenhum dos outros insetos têm sequer metade com uma alta concentração dele.

"Por sua vez temos de também avaliar que o corpo não absorve todos os nutrientes contidos na carne, o que não acontece com os minerais contidos nos insetos, já que estes são absorvidos muito mais facilmente e geralmente em quantidades que são tanto ou mais do que uma pessoa poderia obter com o consumo de carne bovina", afirmaram os pesquisadores.

continua após publicidade

Isso não significa que as pessoas precisam começar a comer insetos imediatamente, mas quando a questão é como fornecer uma fonte de alimentação nutritiva, ambientalmente consciente para os bilhões de pessoas que ainda lutam com a fome, este estudo mostra uma alternativa de alimentação segura.

Com informações do Journal of Agricultural and Food Chemistry