Cotidiano

Governo do PR anuncia que punirá professores que apoiam as ocupações

Da Redação ·
Reunião definiu que os profissionais que apoiem às ocupações poderão sofrer penalidades.  (Foto: Orlando Kissner/ANPr)
Reunião definiu que os profissionais que apoiem às ocupações poderão sofrer penalidades. (Foto: Orlando Kissner/ANPr)

O Governo do Paraná afirmou que vai punir os professores e diretores que apoiam as ocupações nas escolas do Estado. A decisão foi anunciada em reunião que aconteceu no Palácio Iguaçu em Curitiba, no domingo (23).

continua após publicidade

Aproximadamente 300 pessoas, entre pais, professores, diretores, pedagogos e integrantes de movimento sociais estiveram reunidas para discutir medidas que ponham fim às ocupações. Autoridades do Estado também participaram, como o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, o procurador-geral do Estado, Paulo Rosso, a secretária de Educação, Ana Seres, o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita e o secretário de Comunicação, Márcio Villela.

De acordo com procurador-geral do Estado, a postura dos estudantes vai contra o direito da educação. Ele afirmou ainda que a invasão é abusiva, já que aqueles que querem estudar devem ser respeitados.

continua após publicidade

A Secretaria de Educação do Estado vai disponibilizar através da internet, um documento onde os profissionais que queiram trabalhar registrem sua intenção, para que não sejam punidos. Aqueles que permanecerem a favor das ocupações vão receber falta, responderão processos administrativos e sindicâncias, além de poderem ser afastados ou demitidos.

(Com informações - Ric Mais)