Cotidiano

ESA considera satifatório resultado do Schiaparelli em Marte

Da Redação ·
Foto: ESA
Foto: ESA

A Agência Espacial Europeia (20) divulgou nota nesta quinta-feira (20) na qual considerou a missão Exomars 2016 parcialmente bem-sucedida. Sobre o módulo Schiaparelli, que foi lançado para a superfície de Marte e perdeu contato, a ESA lembrou que se tratava de teste, e que apesar do silêncio após o pouso na superfície do Planeta Vermelho, foram enviados dados durante a descida.

continua após publicidade

“Não só o paraquedas funcionou do ponto de vista da sincronização, mas o escudo que protegia a cápsula durante a fase de travessia atmosférica em alta velocidade funcionou perfeitamente. A partir dos dados recolhidos podemos ver que os instrumentos providenciaram dados significativos. Agora é preciso analisá-los e perceber porque é que a cápsula não se comportou exatamente como esperado no ambiente marciano”, destacou o  diretor das operações de vooda ESA, o cientista italiano Andrea Acommazzo.

Sobre a sonda Trace Gas Orbiter, que tem como missão principal recolher indícios de gases, e em particular de metano, que é um indicador de presença de vida, o diretor das operações de voo mostrou-se muito satisfeito.

continua após publicidade

“Foi um grande sucesso, todos os parâmetros registados do TGO são perfeitamente normais. Esta é a segunda vez que efetuamos uma inserção orbital em torno de Marte, 13 anos depois do Mars Express.”

Segunda fase em 2020
A segunda fase da missão Exomars está agendada para 2020. O objetivo é enviar para Marte um módulo científico, mas, além do desafio tecnológico, a ESA ainda precisa de recursos para financiar a missão especial.

Com informações do portal Eurones/ESA