Cotidiano

Cerca de 50 escolas públicas estão ocupadas por alunos no PR

Da Redação ·
Alunos em frente ao Colégio Estadual Nilo Cairo, de Apucarana, no protesto de quarta-feira (5). Foto: José Luiz Mendes
Alunos em frente ao Colégio Estadual Nilo Cairo, de Apucarana, no protesto de quarta-feira (5). Foto: José Luiz Mendes

O movimento Ocupa Paraná informou que 50 escolas da rede estadual de ensino estão ocupadas por alunos neste sábado (8), no Paraná. Os estudantes protestam contra a medida provisória sobre a reforma do ensino médio apresentada pelo governo federal. Aulas foram suspensas nas unidades ocupadas pelos alunos. 

continua após publicidade

Na sexta-feira (7), o governador, Beto Richa (PSDB), disse que os jovens que ocupam escolas no estado desde segunda-feira (3) não sabem por que estão protestando. Para o governador, os estudantes são usados por movimentos sindicais “numa perfeita doutrinação”.

Além das ocupações, alunos também estão saindo às ruas para protestar. Em Apucarana, cerca de 800 estudantes caminharam pelo centro até a Praça Rui Barbosa. 

continua após publicidade

Cerca de 50 escolas públicas estão ocupadas por alunos no PR fonte: Reprodução

Medida provisória
A medida precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados e Senado num prazo de 120 dias. Caso esse prazo não se cumpra perde o efeito. Porém, mesmo sem aprovação, alunos de diversas cidades do Paraná já começaram seus protestos que tiveram início na noite de segunda-feira (03). 

Os estudantes alegam que o ensino necessita sim de uma reforma, mas por outro lado, não concordam com  a suspensão de  disciplinas como sociologia, filosofia, educação artística e educação física. 

continua após publicidade

O Governador do Paraná, Beto Richa, garantiu que nenhuma mudança que possa prejudicar os alunos será feita no Estado. Ele disse ainda que qualquer medida, antes de entrar em vigor, será debatida com toda a comunidade escolar. 

O governador adiantou também que 32 seminários regionais vão acontecer no dia 13 de outubro em diversas cidades, para tratar sobre o assunto. Richa também assegurou que por enquanto as disciplinas serão mantidas e que a reforma será feita junto com os alunos.

Confira as escolas ocupadas até as 14 horas deste sábado, segundo o movimento Ocupa Paraná

continua após publicidade

São José dos Pinhais

C.E. Elza Scherner Moro

continua após publicidade

C.E. Afonso Pena

C.E. Padre Arnaldo Jansen

C.E. Costa Viana

continua após publicidade

C.E. Silveira da Motta

C.E. Hebert de Souza

C.E. Chico Mendes

continua após publicidade

C.E. Juscelino K. de Oliveira

C.E. Pe. Antônio Vieira

continua após publicidade

C.E. São Cristóvão

C.E. Angelina Prado

C.E. Shirley

continua após publicidade

C.E. Guatupê

C.E. Lindaura Ribeiro

C.E. Estadual Ipê

continua após publicidade

C.E. Unidade Polo

C.E. Barro Preto

continua após publicidade

C.E. Zilda Arns

C.E. Tiradentes

Curitiba

continua após publicidade

Colégio Estadual do Paraná

C.E. Algacyr Maeder

C.E. Teobaldo Kletemberg

continua após publicidade

C.E. Teotônio Vilela

C.E. Ernani Vidal

continua após publicidade

Fazenda Rio Grande

C.E. Cunha Pereira

C.E. Anita Cannet

continua após publicidade

C.E. Lucy Requião

C.E. Jorge Andriguetto

C.E. Abilio Lourenço

continua após publicidade

Ponta Grossa

C.E. Ana Divanir Borato

continua após publicidade

C.E. Polivalente

C.E. Regente Feijó

C.E. Epaminondas Ribas

continua após publicidade

Maringá

C.E. Brasílio Itibere

C.E. Tomaz Edison

continua após publicidade

C.E. Tânia Varella

Pinhais

continua após publicidade

C.E. Arnaldo Busato

C.E. Tenente Sprenger

C.E. Daniel Rocha

continua após publicidade

C.E. Castelo Branco

C.E. Amyntas de Barros

Cascavel

C.E. Castelo Branco

Piraquara

C.E. Rosilda de Souza

Marechal Cândido Rondon

C.E. Frentino Sackser

Mandaguaçu

C.E. Parigot de Souza

Rio Branco do Sul

C.E. Maria da Luz Furquim

Londrina

C.E. Albino Feijó Sanches

Guaratuba

C.E. Zilda Arns Neumann

Toledo

C.E. Novo Horizonte

Balsa Nova

C.E. Juventude de Santo Antonio

(Com informações do G1)