Cotidiano

Paraná é campeão nacional nos Jogos Escolares da Juventude

Da Redação ·
Paraná é campeão nacional nos Jogos Escolares da Juventude. Foto: Assessoria
Paraná é campeão nacional nos Jogos Escolares da Juventude. Foto: Assessoria

O Paraná conquistou 50 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude João Pessoa 2016, que reuniu alunos-atletas de 12 a 14 anos. O Estado ficou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas, um feito inédito nesta competição. Foram 20 ouro, 15 prata e 15 bronze nos confrontos de 13 modalidades, em nove dias de competição. Das 50 medalhas conquistadas, 30 vieram de atletas bolsistas do programa Talento Olímpico do Paraná, do Governo do Estado. “O Paraná continua mostrando seu valor ao País, com mais esta vitória conquistada em João Pessoa”, afirmou o governador Beto Richa, ao parabenizar a delegação paranaense. “A escalada que tivemos nesta categoria, desde 2013 vice-campeões e agora campeões, é de emocionar qualquer um. Este é o prêmio por se acreditar e investir em esporte. Parabéns a todos os meninos e meninas que representaram nosso estado”.As disputas encerraram com a conquista da medalha de ouro do Colégio Cecília Meireles, de Palotina, no voleibol feminino. 

continua após publicidade

Já as medalhas de bronze ficaram com as equipes do COC Semeador, de Foz do Iguaçu, no basquetebol feminino, e o Neo Máster, de Ponta Grossa, no voleibol masculino. O confronto final foi com o Colégio Fátima, do Distrito Federal, com vitória das palotinenses por 3 sets a 0, após 1h06min de jogo. Com a vitória, o Colégio Cecília Meireles garantiu o acesso à primeira divisão em 2017 para o voleibol paranaense.Um dos destaques da equipe invicta na competição foi a levantadora Eloá Mainardi que relembrou a campanha do time em 2015 e a volta por cima neste ano. 

“No ano passado viemos com intuito de jogar bem, mas a equipe era muito nova e mesmo sabendo que tínhamos potencial, não demonstramos isso em quadra e acabamos rebaixando o voleibol para a segunda divisão. Este ano viemos com objetivo de colocar o Paraná no lugar de onde ele nunca devia ter saído e treinamos muito para isso e mostramos que uma cidade pequena também pode ter um voleibol de qualidade”, comentou a atleta.Na disputa pelo bronze, do voleibol masculino, a equipe ponta-grossense do Neo Máster fez uma grande partida e derrotou o Colégio Adonai, do Maranhão, por 3 sets a 0, em 1h20min de jogo. 

continua após publicidade

No basquetebol feminino, mais uma conquista para o Paraná, desta vez com o Colégio COC Semeador, de Foz do Iguaçu, que derrotou o Instituto Metodista de Educação, do Rio Grande do Sul, por 37 a 17, em sua primeira participação nesta etapa de 12 a 14 anos.Na disputa de bronze no futsal feminino o Colégio Estadual Monsenhor Guilherme, de Foz do Iguaçu foi superado por 3 a 1 pelo Colégio Santa Madre, do Pará.Para o próximo ano, o handebol e voleibol feminino e o basquetebol e futsal, em ambos os naipes, disputarão o torneio na primeira divisão. Já o handebol, futsal e voleibol masculino estarão representando o Paraná na segunda divisão da etapa nacional, 12 a 14 anos.

CONJUNTO DE AÇÕES
Para a chefe da delegação do Paraná, Márcia Tomadon Moreira, a excelente campanha se deve a um conjunto de ações e de pessoas comprometidas com o esporte escolar. “O Paraná desenvolve o melhor desporto escolar do país e devemos isso a um grande trabalho feito pelo Governo do Estado, através de aulas especializadas, projeto TOP Formador, aos clubes, as escolas, aos professores de educação física, aos técnicos e todas as pessoas que trabalham com essas crianças e que estiveram aqui representando dignamente o Paraná”, afirmou Tomadon. “É um prazer imenso falar que somos campeões porque estamos perseguindo esse título há muito tempo e hoje chegamos lá, com excelência na organização e na competição, o resultado é este, o estado número um no desporto escolar.”

FRUTOS
O secretário do Esporte e do Turismo Douglas Fabrício, enfatizou a importância do esporte para a juventude e os frutos que esta conquista pode oferecer. “Somos campeões pela primeira vez na história dos Jogos Escolares da Juventude. Este fato demonstra a constante dedicação do Paraná no esporte e no bem-estar de nossas crianças e adolescentes”, disse ele. A vitória serve de exemplo e inspiração aos jovens, que estarão próximos da disciplina e distantes dos males da sociedade”.

TALENTO OLÍMPICO
Assim como nos anos anteriores, bolsistas do programa Talento Olímpico do Paraná se destacaram no quadro de medalhas. Foram 30 conquistas. O programa do Governo do Estado, com patrocínio da Copel, concede bolsas de auxílio a atletas em vários estágios da carreira.A ginasta Samara Sibin foi um dos destaques, com quatro medalhas de ouro. No badminton, Rafael Gustavo de Faria conquistou três ouros. A nadadora Laura Paludo trouxe quatro medalhas para casa: 1 ouro, 3 pratas e 1 bronze. No tênis de mesa, dois atletas se destacaram: Joon Schim, com dois ouros e dois bronzes, e Ana Bonsere, com três ouros e uma prata. Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa e patrocínio máster da Coca-Cola.