Cotidiano

Polícia aponta que seis crianças e adolescentes foram estuprados por pai, filho e sobrinho

Da Redação ·
Pai, filho e sobrinho teriam estuprado seis menores com idades entre 6 e 15 anos. Foto: Polícia Civil
Pai, filho e sobrinho teriam estuprado seis menores com idades entre 6 e 15 anos. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil deu continuidade as investigações que envolvem o estupro de menores, em Nova Aurora, no Paraná. Três pessoas da mesma família - pai, filho e sobrinho - foram presas suspeitas de abusarem sexualmente de crianças e adolescentes. Inicialmente três vítimas foram identificadas, no entanto, a polícia localizou mais três. De acordo com os investigadores, seis menores com idades entre seis e 15 anos, foram estuprados pelo trio. A ação da Polícia Civil contou com o apoio do Conselho Tutelar e da Polícia Militar da cidade.

continua após publicidade

Após uma denúncia anônima, a Polícia iniciou as diligências onde chegou em três crianças da mesma família - dois meninos e uma menina – inclusive um deles foi abusado sexualmente por sete anos por um dos suspeitos (tio da criança). Hoje, o jovem está com 15 anos e confirmou os abusos sofrido pelo suspeito. Na delegacia, as crianças foram ouvidas e encaminhadas ao Instituto Medico Legal (IML) para exames de conjunção carnal e ato libidinoso. 

eguindo as diligências, a Polícia chegou em outras três crianças - vizinhas dos suspeitos – que também confirmaram os abusos. As crianças foram encaminhadas para exames no IML. Os laudos devem ficar prontos em 30 dias.De acordo com as investigações os suspeitos cometiam os crimes em um sítio onde um deles trabalhava.

continua após publicidade

“Identificamos um elaborado esquema de estupros, arquitetado pelo trio, de forma que eles escolhiam previamente as crianças das quais queriam abusar e, uma vez realizada a escolha, ligavam para os pais, onde convidavam os menores para passar o final de semana no sítio. Como um dos suspeitos era tio e padrinho de algumas das crianças, os pais as levavam até o local por confiarem nele”, ressaltou o delegado responsável pelas investigações, Julio Cesar Andrade Bianchi.Durante o interrogatório na delegacia, o trio confessou os fatos. 

Polícia aponta que seis crianças e adolescentes foram estuprados por pai, filho e sobrinho fonte: Reprodução

Todos responderão pelo crime de estupro de vulnerável. Se condenados, poderão pegar até 15 anos de prisão, por cada vítima. Pai, filho e sobrinho foram encaminhados para a carceragem da 15ª SDP de Cascavel onde aguardam à disposição da Justiça.