Cotidiano

Campanha de vacinação contra a dengue tem baixa procura dos paranaenses

Da Redação ·
Prazo de encerramento já foi prorrogado e se estende até o dia 24 de setembro. (Foto: Reprodução/arquivo)
Prazo de encerramento já foi prorrogado e se estende até o dia 24 de setembro. (Foto: Reprodução/arquivo)

A Campanha de vacinação contra a dengue no Estado do Paraná atingiu apenas 31,8% do público alvo após mais de um mês desde o seu início. Estima-se que mais de 340 mil paranaenses ainda não foram imunizados.

continua após publicidade

A campanha teve início no dia 13 de agosto e terminaria em 3 de setembro. Devida a baixa procura o governo estadual decidiu prorrogar o prazo, que se encerra no próximo sábado (24).

Mesmo estendendo a data, o percentual de pessoas que buscaram pela vacina ainda é muito baixo. Até o momento cerca de 159 mil receberam a primeira dose, os quais representam 31,8%. A recomendação é de que 80% do público alvo seja vacinado.

continua após publicidade

30 municípios do Paraná foram contemplados com as vacinas e cerca de 150 unidades de saúde tem estoque para atender a demanda. Foram disponibilizadas 500 mil doses que correspondem a um investimento de R$ 50 milhões.

Na maioria das cidades, o público alvo da campanha são pessoas entre 15 e 27 anos. Apenas Assaí e Paranaguá abrangem outras idades em função da maior incidência. Nelas, as vacinas podem ser aplicadas em crianças a partir de 9 anos até adultos com 44 anos.

O interessado em receber a dose deve primeiramente fazer um cadastro no site da Secretaria de Saúde. Após preenchimento, a pessoa pode procurar a unidade de saúde onde será aplicada a vacina.

continua após publicidade

Veja abaixo a lista das cidades contempladas:

Paranaguá, Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Boa Vista da Aparecida, Tapira, Santa Isabel do Ivaí, Cruzeiro do Sul, Santa Fé, Munhoz de Melo, Marialva, Paiçandu, São Jorge do Ivaí, Maringá, Mandaguari, Sarandi, Iguaraçu, Assaí, Ibiporã, Jataizinho, Porecatu, Bela Vista do Paraíso, Cambé, Londrina, Sertanópolis, Leópolis, São Sebastião da Amoreira, Itambaracá, Cambará e Maripá.

(Com informações - G1/Paraná)