Cotidiano

Polícia do Paraná prende suspeito de tentar envenenar esposa, neto e bisneta

Da Redação ·
Foto: TNONLINE/imagem ilustrativa
Foto: TNONLINE/imagem ilustrativa

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) prendeu no final de semana um homem de 58 anos suspeito de tentar envenenar a mulher, de 62 anos, o neto e a bisneta dela, de 22 e cinco anos, respectivamente. 

continua após publicidade

Ele teria colocado veneno de rato (chumbinho) na sobremesa e a criança, ao comer o doce, notou a presença de granulados cor-de-rosa e perguntou para a bisavó o que era. A idosa percebeu que tratava-se de veneno de rato. Os três foram encaminhados a um hospital e o suspeito acabou levado para a Delegacia. 

O fato ocorreu em Jaguariaíva, na região dos Campos Gerais do Estado. A PM foi informada sobre o caso por plantonistas do Hospital Carolina Lupion, após diagnóstico de suspeita de envenenamento. Os três ficaram em observação e foram liberados na sequência, pois comeram pouca sobremesa e o veneno não teve "eficácia". 

continua após publicidade

O suspeito acabou preso pela PM e autuado em flagrante por tripla tentativa de homicídio. Ele permanece preso na Cadeia de Jaguariaíva, à disposição da Justiça. 

"MOMENTO DE FRAQUEZA"
O homem relatou à Polícia Civil que colocou veneno na sobremesa em "momento de fraqueza", após brigar com a mulher.  

O casal vive conjugalmente há cinco anos. A Polícia Civil acrescentou que em 2011 ele já havia sito preso por violência doméstica contra outra mulher, em Arapoti, também na região dos Campos Gerais.

Com informações do G1