Cotidiano

Em protesto, escolas da rede estadual suspendem as aulas, nesta terça-feira

Da Redação ·
Mesmo com mau tempo, professores se reuniram na Praça Rui Barbosa, em Apucarana. Foto: WhatsApp
Mesmo com mau tempo, professores se reuniram na Praça Rui Barbosa, em Apucarana. Foto: WhatsApp

Professores da rede estadual de ensino suspenderam as atividades durante esta terça-feira (30) em todo o Paraná, em ato que acontece anualmente, como forma de protesto ao dia 30 de agosto de 1988, quando a cavalaria da Polícia Militar (PM) avançou sobre os professores que manifestavam sobre melhores condições de trabalho, em Curitiba, no Paraná (PR).

continua após publicidade

Na época, os policiais entraram em confronto com uma multidão de docentes, com sua cavalaria, cães e bombas de efeitos morais. A partir de então, o 30 de agosto virou dia de luto e de luta para os professores.

Não diferente dos outros anos, os profissionais de rede estadual de ensino se mobilizam novamente e pedem nesta ocasião, data-base; falta do dia 29 de abril, quando professores também protestam e 230 pessoas ficaram feridas, pagamento do piso mínimo regional aos professores do Processo Seletivo Simplificado (PSS); pagamento do reajuste no vale-transporte; e concurso público.

continua após publicidade

Pais e alunos devem se informar nas escolas para saber se há aula ou se houve adesão à suspensão.

Em Apucarana, professores se reuniram na Praça Rui Barbosa, no entanto, a manifestação foi prejudicada pela chuva.