Cotidiano

Após ser abordado por perturbação, rapaz oferece porco para tentar subornar policiais

Da Redação ·
Foto: webtudo.net/imagem ilustrativa
Foto: webtudo.net/imagem ilustrativa

Um rapaz de 27 anos interpelado por policiais militares após denúncia de perturbação do sossego em Siqueira Campos (Norte Pioneiro do Paraná) foi preso por corrupção ativa no final de semana, após oferecer um "presente inusitado" para tentar subornar policiais militares: um porco vivo, com valor aproximado de quase R$ 650. A "oferta" foi recusada e o autor da proposta só conseguiu piorar a situação dele. 

continua após publicidade

Tudo começou quando a PM recebeu denúncia sobre som alto vindo de um GM Celta e foi até o local onde estava o carro para averiguar. Quando chegaram, os policiais militares reconheceram o o proprietário do veículo que, segundo a PM, já havia sido orientado anteriormente para reduzir o volume som do automóvel.

Durante conversa com a equipe da PM, o  rapaz teria afirmado que preferia ter o carro apreendido a diminuir o volume.

continua após publicidade

Quando o boletim de ocorrência relativo a perturbação do sossego era registrado, o detido tentou subornar policiais. 

"Vou dar um porco grande para vocês liberarem meu veículo com o som. Se vocês quiserem eu tenho cem reais que é da pensão da minha filha e dou para vocês liberarem o veículo", afirmou o motorista do Celta, conforme relatório de ocorrências divulgado pela PM de Siqueira Campos.

AGRESSIVIDADE
O rapaz ficou agressivo ao receber voz de prisão e após desferir socos e chutes em uma mesa, ele acabou algemado e levado à Delegacia para os procedimentos legais. Ele foi indiciado por corrupção ativa.

Com informações da Polícia Militar de Siqueira Campos