Cotidiano

Mulher revela que matou marido PM porque gastou R$ 48 mil

Da Redação ·
Ellen confessou que matou e esquartejou o marido. Foto: Reprodução
Ellen confessou que matou e esquartejou o marido. Foto: Reprodução

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Paraná, divulgou, novas informações sobre o assassinato do policial militar Rodrigo Federizzi. A vítima foi mora pela esposa, Ellen Federizzi, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).  Ela foi presa e informou inicialmente que o marido teria ameaçado sair de casa e levar o filho de nove anos.

continua após publicidade

No entanto, de acordo com informações do portal Banda B, a polícia chegou a outras informações, após reconstituição do crime, feita na manhã de quinta-feira (25/08), no apartamento da família e na zona rural.

Mulher revela que matou marido PM porque gastou R$ 48 mil fonte: Reprodução
continua após publicidade

Em novo depoimento, a esposa do policial confessou ter gastado cerca de R$ 48 mil da poupança do marido e que ele estaria cobrando explicações pelo desaparecimento do dinheiro. Ela disse ser viciada em jogos de azar e ter perdido grande parte do dinheiro da poupança do marido. Além disso, ela disse ter compulsão por compras e ainda teria gastado com salão de beleza que planejava abrir. Festas e viagens para a família dela também foram mencionadas no depoimento.

Ellen também confessou que o sequestro relâmpago, ocorrido semanas antes de assassinar o marido, foi simulado por ela para que ganhasse mais tempo quanto às cobranças de Rodrigo em relação ao sumiço do dinheiro.