Cotidiano

"Trafigata" é presa sob suspeita de envolvimento em 29 explosões de caixas eletrônicos

Da Redação ·
Ex-acadêmica de Direito Mayara Borcatti, 21 ,  ficou conhecida como a ‘trafigata ostentação’ após se exibir com artigos de luxo em redes sociais - Foto: Odilon Araújo/Rede Massa
Ex-acadêmica de Direito Mayara Borcatti, 21 , ficou conhecida como a ‘trafigata ostentação’ após se exibir com artigos de luxo em redes sociais - Foto: Odilon Araújo/Rede Massa

A ex-acadêmica de Direito Mayara Borcatti, de 21 anos, que ficou conhecida como a ‘trafigata ostentação’ após se exibir com artigos de luxo em redes sociais, foi presa mais uma vez em Curitiba, no início da tarde de quarta-feira (17), por equipe do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Segundo a polícia, ela é suspeita de integrar uma quadrilha responsável pela explosão de 29 caixas eletrônicos no interior do Paraná.

continua após publicidade

De acordo com site MassaNews, Mayara acabou detida em setembro de 2015, junto com o namorado Rafael Dorneles dos Santos, quando ambos comercializavam entorpecente no Bairro Alto, na Capital do Paraná.  Policiais frisam que ela tem boa aparência e ‘ostenta’ artigos de luxo em sua rede social e por isso recebeu o apelido de ‘trafigata ostentação’. 

PROCURADA HÁ DOIS MESES
Mayara era procurada pela Polícia do Paraná há mais de dois meses. A prisão ocorreu na residência dela, situada no bairro Água Verde, em Curitiba A “trafigata” encontra-se presa no Cope e permanece à disposição da Justiça.