Cotidiano

Esposa de PM encontrado morto assume assassinato

Da Redação ·
PM teve pernas amputadas com serrote - Reprodução/Facebook
PM teve pernas amputadas com serrote - Reprodução/Facebook

A mulher do Policial Militar (PM) Rodrigo Federizzi, encontrado morto no último domingo (14) em Araucária, no Paraná (PR) assumiu na noite desta segunda-feira (15) a autoria do homicídio.

continua após publicidade

De acordo com o G1, Ellen Federizzi confirmou a suspeita ao delegado Fábio Amaro, da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), porém ainda não foram divulgadas quais seriam as motivações que a levaram a cometer o crime.

A Polícia Civil já tinha a mulher como uma possível suspeita sobre o desaparecimento do policial que estava sendo procurado desde o último dia 28 de julho. A esposa dele estava presa desde a quarta-feira (10) e em seus depoimentos anteriores chegou a pedir que o marido aparecesse.

continua após publicidade

Federizzi foi morto com um tiro na cabeça e teve suas pernas decepadas. Apos o crime, a mulher enterrou colocou o corpo em um saco plastico e enterrou em uma propriedade de área rural.