Cotidiano

Helicóptero da PMPR participa de buscas a bando que  fez "escudo humano" de reféns

Da Redação ·
O helicóptero do BPMOA, sediado em Londrina, fé utilizado para auxiliar na localização de bando que assaltou banco - Foto - Reprodução
O helicóptero do BPMOA, sediado em Londrina, fé utilizado para auxiliar na localização de bando que assaltou banco - Foto - Reprodução

O helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), sediado em Londrina (norte do Paraná) é utilizado neste início da manhã de sábado (13) para auxiliar nas buscas com objetivo de localizar o bando fortemente armado que assaltou um banco de Reserva (região central - Campos Gerais), no Paraná e em seguida fez um cordão humano de reféns e depois fugiu levando três deles. Ninguém ficou ferido.

continua após publicidade

Conforme a Polícia Militar (PM) de Telêmaco Borba, que coordenou a operação, à tarde seis homens armados de fuzis quebraram vidros e invadiram a agência Sicredi de Reserva. Após se apossar de dinheiro (o montante não foi informado),  a quadrilha fugiu em uma caminhonete Toyota Hilux levando três reféns como escudo

Os criminosos se evadiram por estradas secundárias até chegar a uma área rural em área limítrofe entre os municípios de Reserva, Ortigueira e Imbaú, onde abandonaram a caminhonete e os reféns e fugiram em outro veículo. Até as 07h00 desta sexta-feira, o bando ainda não havia sido encontrado pela polícia do Paraná.

continua após publicidade

Helicóptero da PMPR participa de buscas a bando que  fez "escudo humano" de reféns fonte: Reprodução