Cotidiano

Mulher de PM desaparecido é presa suspeita de assassinato

Da Redação ·
Polícia encontrou vestígios de sangue na casa do casal. Foto: Reprodução
Polícia encontrou vestígios de sangue na casa do casal. Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu uma mulher, na noite de quarta-feira (10/08) suspeita de participar do assassinato do próprio marido, um policial militar, no bairro Tatuquara, em Curitiba, no Paraná. De acordo com o portal Banda B, Ellen Federizzi teria envolvimento do crime e ainda teria simulado o desaparecimento do companheiro. A polícia encontrou vestígios de sangue na residência do casal e a justiça expediu mandado de prisão. A polícia realiza buscas nesta quinta-feira (11/08) para localizar o corpo da vítima. 

continua após publicidade

Rodrigo Federizzi sumiu na manhã de 28 de julho. Ellen  registrou Boletim de Ocorrência (BO) no dia 30, alegando que ele tinha saído de casa para resolver assuntos pessoais e não mais voltou. A polícia passou a suspeitar da mulher e decidiu realizar uma perícia minuciosa dentro da residência do casal. Por meio da substância química luminol, foi encontrado sangue humano no quarto e no banheiro.

A casa estava totalmente limpa e o produto reagiu ao composto quando analisado nos dois cômodos. Também foi encontrado um serrote com marcas de sangue dentro da casa. Diante dos fatos, ela foi detida mediante mandado de judicial de prisão temporária.

continua após publicidade

A motivação do crime não foi revelada. 

OUTRO LADO
Segundo o portal Banda B, a suspeita nega que tenha participado do crime contra o marido, mas não sabe explicar a origem do sangue.