Cotidiano

Servidores da UFPR, UTFPR e Unila confirmam paralisação no dia 11 de agosto

Da Redação ·
Servidores da UFPR, UTFPR e Unila confirmam paralisação de protesto no dia 11 e greve no dia 16- Foto: Divulgação/UFPR
Servidores da UFPR, UTFPR e Unila confirmam paralisação de protesto no dia 11 e greve no dia 16- Foto: Divulgação/UFPR

Os técnicos administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (TFPR) e da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) aprovaram na terça-feira (2) à noite, paralisação de protesto no dia 11 de agosto e greve a ser iniciada no próximo dia 16. A categoria aprovou ainda adesão ao Dia Nacional de Lutas. Servidores da UTFPR de Apucarana (norte do Paraná) já confirmaram participação na mobilização.

continua após publicidade

Durante a paralisação/assembleia, que em Curitiba acontece no anfiteatro 100 (1º andar do D. Pedro I, na Reitoria da UFPR), vai ser realizada uma mesa redonda para debater o Projeto de Lei 257 e a Proposta de Emenda à Constituição 241.

RETROCESSO
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior no estado do Paraná (Sinditest), o projeto e a proposta “representam retrocesso nas áreas de saúde e educação, pois retiram direitos dos trabalhadores na medida em que reduzem e sucateiam o orçamento federal.” Os trabalhadores vão discutir ainda o Programa Escola sem Partidos. 

continua após publicidade

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior no Estado do Paraná (Sinditest)