Cotidiano

Gato Maracajá é capturado em sítio de Califórnia

Da Redação ·
O gato Maracajá (Leopardus wiedii) é um felino nativo de América Central e América do Sul - Imagem: Reprodução
O gato Maracajá (Leopardus wiedii) é um felino nativo de América Central e América do Sul - Imagem: Reprodução

A Polícia Ambiental fez a apreensão, na tarde desta segunda-feira (25), de um gato Maracajá (conhecido popularmente como gato do mato) em imóvel à margem da Estrada da Jacucaca, na zona rural de Califórnia (norte do Paraná).A princípio, o dono do Sítio São Sebastião, Dirceu Gravena, pensou trata-se de uma onça que estava no galinheiro da propriedade. 

continua após publicidade

Mas com a chegada da equipe da Polícia Ambiental, foi constatado tratar-se de um gato Maracajá adulto. Após a captura, o Maracajá foi solto em seu habitat, longe de moradores, em um corredor biológico natural. A Polícia Ambiental acrescentou que  os produtores rurais radicados nas imediações da Estrada da Jacucaca estavam atemorizados, pois o Maracajá vinha atacando galinheiros com frequência e isso motivou da captura é posterior soltura do felino em local apropriado.

O MARACAJÁ
O gato Maracajá (Leopardus wiedii) é um felino nativo de América Central e América do Sul. O felino possui grande capacidade de salto e suas garras são proporcionalmente mais longas do que as da jaguatirica. 

continua após publicidade

A expectativa de vida é de cerca de 13 anos. Tem capacidade de virar em 180 graus as articulações do tornozelo, o que o possibilita transitar com facilidade entre troncos e árvores. Seus hábitos são noturnos e alimenta-se de pequenos roedores e aves, O animal consegue imitar o som de suas presas para atraí-las.