Cotidiano

Trio suspeito de roubo de cargas de cigarros é preso em Curitiba

Da Redação ·
Polícia apreendeu revólver calibre 38 e um conjunto de antenas bloqueador de sinal rastreador. Foto: Polícia Civil
Polícia apreendeu revólver calibre 38 e um conjunto de antenas bloqueador de sinal rastreador. Foto: Polícia Civil

Três homens envolvidos na prática de roubo a cargas de cigarros foram presos nesta sexta-feira (22/07), no bairro Tatuquara, por policiais civis do 10º Distrito Policial (DP) da capital paranaense. Com os suspeitos a polícia apreendeu um veículo Fiorino (adulterado), na cor branco, um C4 prata, além de um revólver calibre 38 e um conjunto de antenas bloqueador de sinal rastreador. 

continua após publicidade

A prisão do trio aconteceu depois que a equipe policial identificou a Fiorino branca utilizada para a prática delituosa. Após um mês de investigações através de monitoramento os policiais conseguiram encontrar o veículo com um homem de 35 anos, preso suspeito de participar do crime.“Tivemos a informação de que esses suspeitos iriam praticar um roubo contra uma carga de cigarros e nossa equipe de investigação foi até o local e conseguiu interceptá-los antes que acontecesse o roubo. 

Esse suspeitos possuem diversas passagens criminais pelos crimes de furto, roubo e estelionato”, relata o delegado-titular da 10º DP, Rinaldo Ivanike.Na sequência das diligências, os investigadores também localizaram no mesmo bairro, outros dois envolvidos no assalto, um homem de 30 anos e outro de 23 anos. Os suspeitos estavam em um veículo C4 quando foram abordados pela polícia. No interior do veículo os policiais apreenderam um revólver calibre 38, com a numeração raspada, e um conjunto de antenas bloqueador de sinal rastreador, os dois foram presos.

continua após publicidade

Os três assaltos ocorreram nos meses de junho e julho deste ano, no momento em que a empresa de cigarros fazia a entrega da mercadoria em um comércio da região do Tatuquara. Investigações apuraram que os ladrões abordavam o veículo a mão armada, davam voz de assalto fazendo o transbordo da carga para a Fiorino. A Fiorino e o C4 foram serão periciados.Todos os suspeitos foram autuados pelos crimes de associação criminosa, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Eles foram encaminhados para o 10º DP e permanecem à disposição do Poder Judiciário.