Cotidiano

Em Ortigueira, vereador é assassinado a tiros após trio sequestrá-lo à noite 

Da Redação ·
João Batista Luiz Borges (PSDB) foi executado com tiro na cabeça: ele era ligado ao MST - Foto - Reprodução
João Batista Luiz Borges (PSDB) foi executado com tiro na cabeça: ele era ligado ao MST - Foto - Reprodução

O vereador  e atual presidente da Câmara de Ortigueira (região dos Campos Gerais, no Paraná), João Batista Luiz Borges (PSDB), conhecido como "Batista da RR", de 49 anos , foi executado com tiro na cabeça na noite desta segunda-feira (18), conforme informação de policiais. Ele é o segundo vereador assassinado em Ortigueira nos últimos três meses.

continua após publicidade

Populares relataram que três homens chegaram na casa do vizinho de Borges, entraram na residência e prenderam a família do vereador, que estava no local, no banheiro da moradia. 

Eles roubaram um carro do vizinho de Borges, que era ligado ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Em seguida o trio sequestrou o político e trafegou cerca de quatro quilômetros com a vítima por uma estrada rural na região da Fazenda RR. Depois os sequestradores executaram Borges a tiros e fugiram. As Polícias Civil e a Militar foram para o local do crime. O corpo de Borges foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa para exame de necropsia. A motivação do assassinato ainda é apurada pela polícia.

continua após publicidade

HISTÓRIA
João Batista Luiz Borges nasceu em Londrina (PR), no dia 21 de junho de 1967. Ele casou-se no dia 28 de agosto de 1984 com a agricultora Marta de Moraes Gonçalves Borges, com quem tem três filhos, Ivan, Helle e Murilo, além de dois netos, Estefane e Eduardo.

Em Ortigueira, vereador é assassinado a tiros após trio sequestrá-lo à noite  fonte: Reprodução

LIGAÇÃO COM O MST
Em 05 de fevereiro de 2000, o vereador João Batista Luiz Borge ingressou no MST, onde chegou a ser membro da direção estadual. Em março de 2003 mudou-se para Ortigueira e a partir de agosto de 2004 passou a dedicar-se à política no município.  

continua após publicidade

Em 2005, exerceu o cargo de assessor de Gabinete. Já em 2008 Borges candidatou-se a vereador, onde foi eleito para a gestão 2009/2012 com 386 votos. Ele ganhou destaque na luta por melhorias na saúde, educação, agricultura e infraestrutura, sendo reeleito com 415 votos para a gestão 2013/2016. Borges foi Presidente da Associação Agropecuarista Libertação Camponesa, presidente da APMF Municipal e presidente do Conselho Municipal de Agricultura . 

Em exercício de cargo público, ele foi presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, relator da Comissão de Justiça e Redação, vice presidente da Câmara e atualmente exercia o cargo de presidente da Câmara Municipal de Ortigueira.


Execução de outro vereador 
do pai dele com tiros de fuzil

Em 18 de abril deste ano, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Ortigueira, Rafael Ribeiro da Costa, e seu pai Juarez da França Costa, conhecido como "Caboclinho", foram assassinados com tiros de fuzil calibre 556 e de uma arma calibre 12, em emboscada na zona rural do município. 

continua após publicidade

Um homem que estava junto com eles foi ferido. Rafael era filiado no PTN e estava no segundo mandato.

TIROS DE FUZIL
Os três iam com uma caminhonete Hilux até a localidade de Caetê, na zona rural do município, quando foram seguidos por um veículo. Quando chegaram na localidade, onde a família tem uma fazenda, os autores do duplo homicídio desceram e atiraram dezenas de vezes contra a Hilux – possivelmente com fuzil calibre 556.

MORTE NO LOCAL
Pai e filho morreram no local, dentro da caminhonete e o homem que estava com eles ficou lesionado. Até o momento, nada ficou provado contra qualquer suspeito de participação no crime.