Cotidiano

Dezenove detentos fogem da Cadeia através de túnel em Jandaia do Sul

Da Redação ·
Conforme investigadores, no mesmo local outro túnel já teria sido usado em outras fugas - Foto - TNONLINE
Conforme investigadores, no mesmo local outro túnel já teria sido usado em outras fugas - Foto - TNONLINE

A Polícia Civil fez uma recontagem e retificou, na tarde deste domingo (17), informação divulgada pela manhã dando conta que dez detentos haviam fugido da Cadeia Pública de Jandaia do Sul, na região norte do Paraná.A fuga aconteceu durante a madrugada e um preso teria cometido suicídio no interior da unidade carcerária. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para exame de necropsia. Após recontagem, a polícia constatou que 19 presos fugiram 

continua após publicidade

TÚNEL - Para conseguir a liberdade os presos cavaram um túnel com mais de seis metros de extensão, chamado por presidiários de "tatu", e saíram em imóvel vizinho. Conforme investigadores, no mesmo local outro túnel já teria sido usado em outras fugas.

Entre fugitivos estão autores e acusados de crimes de diversas natureza. Um deles já foi recapturado em uma rodovia, já na zona rural de Jandaia do Sul. Eles deixaram para trás os uniformes usados na prisão. Qualquer informação sobre o paradeiro dos fugitivos pode ser repassada à Polícia Civil de Jandaia do Sul pelo fone (43) - 3432-4000 ou para a PM (190).

continua após publicidade

SUPERLOTAÇÃO - A delegada de Jandaia do Sul, Waleska Souza Martins, reitera que a Cadeia, anexa à delegacia e a Ciretran do município, está superlotada. Hoje há na unidade carcerária cerca de 65 presos, entre condenados e cautelares (provisórios), dividindo um espaço projetado para abrigar 20 pessoas. “Essa realidade impede que a função da polícia judiciária seja exercida em sua totalidade”, pontua.

Dezenove detentos fogem da Cadeia através de túnel em Jandaia do Sul fonte: Reprodução

DESVIO DE FUNÇÃO - Walesca detalha que a função constitucional da Polícia Civil é elucidar crimes, apurar autorias e prestar assistência para as vítimas, “para as pessoas do bem, trabalhadoras. Contudo, hoje, ao invés dos investigadores estarem nas ruas, ajudando a dar respostas a essas infrações, eles estão aqui, cuidando desses presos, dessas pessoas que cumprem penas”. A polícia dá sequência às diligências para localizar e recapturar os fugitivos.

Dezenove detentos fogem da Cadeia através de túnel em Jandaia do Sul fonte: Reprodução