Cotidiano

Prefeito de Foz do Iguaçu é preso pela Polícia Federal 

Da Redação ·
Pereira é investigado por prevaricação, peculato e formação de quadrilha. Foto: Christian Rizzi / Arquivo
Pereira é investigado por prevaricação, peculato e formação de quadrilha. Foto: Christian Rizzi / Arquivo

O prefeito de Foz do Iguaçu, no Paraná, Reni Pereira (PSB), está em prisão domiciliar após decisão expedida pelo Tribunal Regional Federal de Porto Alegre, cumprida na manhã desta quinta-feira (14/07), resultado das investigações realizadas na Operação Pecúlio.   

continua após publicidade

Pereira é investigado por prevaricação, peculato e formação de quadrilha. A denúncia contra o prefeito afastado ainda não foi formalizada pelo MPF. A expectativa é de que isso seja feito a qualquer momento.

DENÚNCIA - O prefeito foi afastado do cargo após denúncias de que ele seria chefe de um esquema criminoso instalado dentro da prefeitura. Investigação do Ministério Público (MP) aponta que ele teria desviado pelo menos R$ 4 milhões dos cofres públicos. Os recursos seriam destinados para a execução de serviços na saúde e pavimentação de ruas. 

continua após publicidade

Desde que foi deflagrada, em abril, 85 pessoas – entre agentes políticos, secretários municipais, empresários e vereadores – foram denunciadas e tornadas rés na 3ª Vara Federal em Foz do Iguaçu.