Cotidiano

Adolescente inventa estupro para justificar falta em escola, enquanto se encontrava com namorado

Da Redação ·
Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes investigava o caso (Foto - Reprodução/Rede Massa)
Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes investigava o caso (Foto - Reprodução/Rede Massa)

Uma menina de 15 anos inventou que foi estuprada por dois homens, após faltar à escola para encontrar com seu namorado. A mentira estava sendo investigada pela Policia Civil de Ponta Grossa, no Paraná (PR) desde o último dia 05.

continua após publicidade

A adolescente faltou à aula e foi para a casa do namorado. Com medo que seus pais ficassem sabendo da sua ausência, na volta para casa ela entrou em um matagal, se sujou e ligou para sua mãe dizendo que havia sido estuprada por dois homens.

A Polícia Civil de Ponta Grossa, cidade onde a menina mora, estava investigando o caso e montando o retrato falado dos ‘’suspeitos’’. Porém, a ‘’sogra’’ da jovem resolveu contar toda a verdade para a mãe dela. Ela afirmou que a menina teria ido a sua casa se encontrar com o rapaz, com o qual manteve relações.

continua após publicidade

A mãe, a sogra e a adolescente foram ouvidas pela Polícia que deu o caso por encerrado. A jovem justificou a mentira, dizendo que queria defender o namorado para que não lhe cobrassem pela sua falta.

A menina vai responder por denúncia caluniosa na Delegacia do Adolescente.