Cotidiano

Professor cedeu conteúdo de prova para aluno em troca de sexo

Da Redação ·

A Polícia Civil investiga um professor de 22 anos suspeito de atrair adolescentes para a prostituição. O rapaz foi preso em Coronel Vivida, no sudoeste do Estado, cidade onde ele leciona em uma escola da rede particular.

continua após publicidade

Segundo a polícia, o suspeito vem sendo investigado desde o mês passado, após uma denúncia de que hackers teriam invadido os computadores do colégio. A suspeita surgiu porque um aluno teria tido acesso ao conteúdo das provas, no entanto, a polícia descobriu que o professor teria cedido as informações. Em troca, o professor exigiu que o aluno mantivesse relações sexuais com ele.  

A polícia também descobriu que o suspeito usava um perfil falso na internet para atrair e conversar com adolescentes de 13 e 15 anos. Um menor teria aceitado fazer sexo com o professor em troca de dinheiro. O suspeito teria confessado seus crimes a polícia.