Cotidiano

No PR, menor tem perna amputada ao ser atropelado por trem

Da Redação ·
Ao ser atropelado por trem em Ponta Grossa, adolescente teve a perna direita amputada - Foto: Arquivo/Imagem ilustrativa
Ao ser atropelado por trem em Ponta Grossa, adolescente teve a perna direita amputada - Foto: Arquivo/Imagem ilustrativa

O adolescente Juliano Campos Correia, de 16 anos, foi atropelado por um trem, na quinta-feira (30) à tarde, perto da Avenida Monteiro Lobato, em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, no Paraná. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o menino brincava de chutar os vagões da composição ferroviária enquanto aguardava o trem passar para cruzar a ferrovia quando sua perna direita ficou enroscada no último vagão. 

De acordo com testemunhas, os bombeiros só foram acionados uma hora e meia após o acidente. O menor ficou agonizando até que o segundo trem passasse e o maquinista informasse os socorristas sobre o fato.  

CAUTERIZAÇÃO - Bombeiros detalharam que o adolescente só não morreu porque ao ter a perna amputada, a roda do trem cauterizou o local da lesão.  Quando era socorrido o garoto estava consciente. Ele permanece internado no Hospital Regional de Ponta Grossa.

continua após publicidade