Cotidiano

Capital paranaense registra 613 casos de caxumba em 2016

Da Redação ·
Casos tiveram um aumento neste primeiro semestre.  Foto: Reprodução/TV Globo
Casos tiveram um aumento neste primeiro semestre. Foto: Reprodução/TV Globo

O aumento de pessoas com caxumba no País tem chamado a atenção. Após surto da doença no Estado São Paulo - que teve aumento de 82% nos casos - é a vez do Paraná. Na capital Curitiba 613 casos foram registrados no primeiro semestre deste ano, segundo levantamento da Secretaria da Saúde. O número se aproxima do acumulado de 2015, que registrou 675 no ano inteiro. 

continua após publicidade

Caxumba é uma infecção viral que afeta as glândulas parótidas, um dos três pares de glândulas que produzes saliva. As parótidas estão situadas entre suas orelhas e à frente delas. A caxumba é muito mais comum em crianças, e pode afetar uma das glândulas ou as duas. A doença era mais comum antes do surgimento da vacina. Após a incorporação do imunizante ao calendário dos postos de saúde, o número de casos reduziu drasticamente. 

SURTO - Diante do aumento de casos, a orientação dos médicos é manter os ambientes ventilados, lavar as mãos com frequência e evitar contato com pessoas doentes. Contudo, quem já pegou a doença uma vez na vida não será infectado outra vez.  Como não existe um tratamento medicamentoso para a caxumba o mais indicado é manter cuidados como boa alimentação, hidratação e repouso.