Cotidiano

Delegado José Aparecido Jacovós lança pré-candidatura à Prefeitura de Sarandi

Da Redação ·
 O delegado José Aparecido Jacovós confirmou que a Polícia Civil está investigando o suposto sequestro de uma empresária da cidade - Foto: Sérgio Rodrigo
O delegado José Aparecido Jacovós confirmou que a Polícia Civil está investigando o suposto sequestro de uma empresária da cidade - Foto: Sérgio Rodrigo

A admiração da população brasileira ao juiz federal Sergio Moro, que coordena a Operação Lava Jato, também demonstrou que as personalidades que lutam conta a criminalidade têm grande potencial em disputas eleitorais. Uma pesquisa de opinião revelou que se o juiz Moro fosse candidato a presidência da República, poderia obter quase 70% dos votos. 

continua após publicidade

No norte do Paraná, um delegado de polícia, conhecido por sua personalidade operacional e constante luta contra a criminalidade confirmou nesta terça-feira (28/06) sua pré-candidatura as eleições deste ano. José Aparecido Jacovós, que  atua como chefe da 17ª Subdivisão Policial  de Apucarana, anunciou que vai disputar o cargo de prefeito de Sarandi, onde autou por sete anos.  

"Sou pré-candidato a prefeito pelo Partido Democrático Trabalhista, no município de Sarandi, onde fui delegado durante sete anos. Minha família também reside em Sarandi. Fui convidado pelo atual prefeito e me licencio dia 30 deste mês para disputar as eleições. Se Deus quiser e  eu for eleito vou ficar licenciado durante 4 anos. Se não ganhar, retorno para Apucarana", comenta.  

continua após publicidade

Conhecido pelo seu perfil "linha dura", Jacovós coordenou uma investigação que resultou na prisão de mais de 20 criminosos ligados a ataques a agências bancárias no Estado. A força-tarefa denominada Operação Cangaço resultou identificou envolvidos em 22 crimes como assaltos e explosões a caixas eletrônicos.  O delegado assumiu a 17ª SDP de Apucarana em 2013. Ele agradeceu sua equipe pelos resultados obtidos ao longo de sua permanência como aumento no índice de solução de crimes e de prisões.

"Reputo a melhoria na segurança pública do município à integração de todas as forças de segurança. A Polícia Militar que muito contribuiu com a gestão, a Guarda Municipal, a prefeitura que muito nos ajudou fornecendo estagiários, e também a população, pois, a maioria dos crimes resolvidos em Apucarana foi graças as denúncias feitas pela população de Apucarana, a quem eu agradeço muito", frisou. 

PERFIL - Formado em Gestão de Segurança Pública, Jacovós atua há 28 anos na Polícia Civil, sendo 4 anos como escrivão e 24 como delegado. Há 10 anos chefia subdivisões policiais e, como delegado de primeira classe, comandou as unidades de União da Vitória, Cornélio Procópio, Campo Mourão e Apucarana. Tem especialização em segurança, cursada em Israel e já lecionou Direito Penal na Universidade Estadual de Maringá.