Cotidiano

Técnicos apreendem quase 200 animais criados e vendidos ilegalmente

Da Redação ·
Animais foram apreendidos na Reserva do Bugio, em Curitiba (Valdecir Galor / SMCS)
Animais foram apreendidos na Reserva do Bugio, em Curitiba (Valdecir Galor / SMCS)

Técnicos da Rede de Proteção Animal da Secretaria de Meio Ambiente, da Vigilância Sanitária, da Guarda Municipal e da Companhia de Habitação de Curitiba (Cohab) resgataram quase 200 animais que estavam sendo criados e comercializados ilegalmente na capital paranaense. Os animais foram apreendidos na Reserva do Bugio, na bairro Tatuquara, na terça-feira (31/05). Dez famílias que moram de maneira irregular são responsáveis pela situação dos bichos

continua após publicidade

Foram apreendidos dois cavalos, seis ovelhas, sete vacas e 50 aves – galinhas, gansos, patos, perus e marrecos. Eles foram encaminhados para o Centro de Controle de Zoonoses, para posterior abate sanitário, pois estavam sendo criados em meio ao lixo, inclusive hospitalar, segundo a administração municipal. Segundo a prefeitura, o caso passou a ser investigado após o registro de denúncias. A prefeitura chegou até o local por meio de reclamações, feitas pela Central 156 e pela ouvidoria, dos moradores do bairro.

As famílias estão sendo acompanhadas pela Fundação de Ação Social (FAS) e foram avisadas de que não poderiam continuar com a criação e a venda dos animais.