Cotidiano

Evidência mais antiga de humanos na América é encontrada por pesquisadores

Da Redação ·
 Neil Pucket, estudante da Texas A&M University envolvido com as escavações -  Imagem - Brendan Fenerty/Handout via REUTERS
Neil Pucket, estudante da Texas A&M University envolvido com as escavações - Imagem - Brendan Fenerty/Handout via REUTERS

Pesquisadores localizaram ferramentas de pedra, ossos de mastodonte e estrume fossilizado em uma dolina localizada no norte da Flórida (EUA), os quais tem idade estimada em 14,550 anos de idade. O achado sugere que seres humanos habitaram o sudeste dos Estados Unidos 1500 anos antes do que se pensava.

A dolina (como se fosse um poço)  localiza-se no sítio arqueológico de Page-Ladson, a cerca de 48 quilômetros de Tallahassee.  O local já foi estudado por décadas, sendo escavado pela primeira vez entre 1987 e 1997 por James Dunbar e David Webb, os quais encontraram ferramentas de pedra e uma presa de mastodonte.

LOCAL REEXAMINADO
Em 2012, uma equipe internacional de arqueólogos decidiu reexaminar o local e recomeçou as escavações. A nova expedição provou que as marcas nos ossos foram feitas por humanos com ferramentas de pedra para remover as presas do crânio dos animais, assim como seus antecessores suspeitavam.

O estudo foi publicado na revista científica Science Advances, onde os autores destacam a facilidade dos seres humanos antigos para  adaptar-se ao ambiente

continua após publicidade