Cotidiano

​Raios provocam 59 mortes em três dias

Da Redação ·
Raios: descargas atmosféricas podem provocar destruição e morte -  Foto: TNONLINE/imagem ilustrativa
fonte: Foto: Arquivo TNonline - imagem ilustrativa
Raios: descargas atmosféricas podem provocar destruição e morte - Foto: TNONLINE/imagem ilustrativa

Raios provocam 59 mortes em três dias em Bangladesh O responsável pelo Departamento de Gestão de Catástrofes de Bangladesh, Reaz Ahmed, confirmou neste domingo que em apenas três dias, 59 pessoas morreram vítimas de raios naquele país asiático. De acordo com  Ahmed, o registro de fatalidades dessa natureza é um recorde antológico mesmo num país habituado às tempestades tropicais.

“Nunca tínhamos registado um número tão elevado de mortos em decorrência de descargas atmosféricas, os raios", afirmou.Conforme ele, a maioria das vítimas é de camponeses atingidos enquanto trabalhavam em arrozais.As autoridades locais anunciaram o lançamento de uma campanha de informação sobre os perigos dos raios por conta  da alta incidência de descargas atmosféricas.

MORTE DE 200 PESSOAS/ANO
Segundo o Departamento de Gestão de Catástrofes, desde 2011, os raios têm matado cerca de 200 pessoas por ano em Bangladesh."O aumento do número de vítimas foi motivado pelo desmatamento sobretudo das árvores mais altas, como as palmeiras, que funcionam como para-raios em Bangladesh", explica meteorologista Shah Alam.

continua após publicidade