Cotidiano

Galáxia pobre em metais pode ajudar a testar Teoria do Big Bang

Da Redação ·
A galáxia Leoncino se encontra a 30 milhões de anos-luz de distância da Terra, fazendo parte da constelação de Leão Menor - Foto: Credit: NASA; A. Hirschauer & J. Salzer, Indiana University; J. Cannon, Macalester College; and K. McQuinn, University of Texas
A galáxia Leoncino se encontra a 30 milhões de anos-luz de distância da Terra, fazendo parte da constelação de Leão Menor - Foto: Credit: NASA; A. Hirschauer & J. Salzer, Indiana University; J. Cannon, Macalester College; and K. McQuinn, University of Texas

Uma equipe de astrônomos descobriu nesta semana uma galáxia anã, nomeando-a Leoncino (pequeno leão), a qual pode ser usada para testar a Teoria do Big Bang. A galáxia é a mais pobre em metais já descoberta, o que na prática significa que ela se encontra em um estado primitivo, semelhante ao que sucedeu o Big Bang. Leoncino se encontra a 30 milhões de anos-luz de distância da Terra, fazendo parte da constelação de Leão Menor.

Os astrônomos foram capazes de determinar a ausência de metais desta através de dois poderosos telescópios instalados no Arizona.Os elementos mais pesados do que o hélio e o hidrogênio são conhecidos como metais. Os elementos químicos mais pesados são sintetizados em núcleos de estrelas através de nucleossíntese, sendo estes espalhados pela galáxia após a supernova (explosão ocorrida durante o fim de uma estrela) de seu astro criador.

Galáxias pobres em metais são ambientes nos quais esse processo não se desenvolveu, permanecendo em um estado semelhante ao do universo primitivo. Uma vez que nosso modelo atual do Big Bang faz predições detalhadas a respeito das concentrações de átomos de hidrogênio e hélio após a criação do universo, é possível utilizar tais galáxias para testar uma das teorias mais respeitadas já criadas pela humanidade. A equipe pretende fazer observações mais detalhadas de Leonciono, na esperança de obter o máximo de informação possível da excêntrica galáxia.

continua após publicidade