Cotidiano

Cientistas descobrem fósseis de com idade estimada em 71 milhões de anos na Antártida

Da Redação ·
Cientistas acamparam durante 5 semanas entre fevereiro e março, tendo de escalar 10 quilômetros todos os dias para se locomoverem do acampamento à área de escavação - Foto: Arquivo
Cientistas acamparam durante 5 semanas entre fevereiro e março, tendo de escalar 10 quilômetros todos os dias para se locomoverem do acampamento à área de escavação - Foto: Arquivo

Uma equipe de cientistas dos Estados Unidos, da Austrália e da África do Sul descobriu uma tonelada de fósseis de dinossauros com idade estimada em 71 milhões de anos durante uma difícil expedição na Antártida. Os fósseis descobertos são semelhantes a plesiossauros e mosassaurus, ambos animais marinhos.

A equipe também encontrou fósseis de pássaros que habitaram a região durante o período Cretáceo. A expedição foi realizada na ilha de James Ross, uma das poucas áreas da Antártida cujas rochas ficam expostas durante o verão. Para superar os obstáculos da travessia, em especial os trechos do oceano que estavam congelados, os cientistas utilizaram helicópteros e botes infláveis.

ACAMPAMENTO E ESCALADA
Os cientistas acamparam durante 5 semanas entre fevereiro e março, tendo de escalar 10 quilômetros todos os dias para se locomoverem do acampamento à área de escavação. No momento os fósseis se encontram no Chile, mas em breve serão enviados ao Carnegie Museum of Natural History, EUA, onde poderão ser melhor estudados.

continua após publicidade