Cotidiano

​No Paraná, trabalhadores dos Correios aderem à paralisação

Da Redação ·
A decisão dos funcionários dos Correios de parar as atividades foi tomada em assembleia na noite de terça (26), em CuritibaFoto: Divulgação/Sintcom
A decisão dos funcionários dos Correios de parar as atividades foi tomada em assembleia na noite de terça (26), em CuritibaFoto: Divulgação/Sintcom

Os servidores dos Correios no Paraná decidiram aderir à paralisação nacional da categoria, agendada para quarta-feira (27). A decisão foi tomada em assembleia na noite de terça (26), em Curitiba, quando a categoria decidiu apoiar a mobilização classista. A paralisação deve durar apenas 24 horas e na quinta o trabalho vai ser retomado.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná (Sintcom-PR), a paralisação deve ser total nas principais cidades do Paraná. Ainda de acordo com o Sintcom-PR, nos municípios menores a adesão está condicionada cada agência.  

Entre as principais reivindicações da categoria estão a manutenção dos empregos, melhores condições de trabalho, mais segurança nas agências; fim do rombo do Postalis, o fundo de previdência dos Correios e contra a privatização da empresa.

Os funcionários dos Correios pedem ainda mais contratações através de concurso público para reduzir a sobrecarga de trabalho e melhorias em relação ao plano de saúde da categoria, o Correios Saúde.

continua após publicidade