Cotidiano

Professor faz analogia para coibir “pequenas corrupções” e foto viraliza

Da Redação ·
Professor de Curitiba faz analogia para coibir “pequenas corrupções” e foto viraliza - Foto: Reprodução Busão Curitiba
Professor de Curitiba faz analogia para coibir “pequenas corrupções” e foto viraliza - Foto: Reprodução Busão Curitiba

Teve grande repercussão nas redes sociais uma analogia que tinha como objetivo o combate às pequenas corrupções do dia a dia, feita por um professor de Comunicação Social na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em Curitiba.

Uma foto tirada do quadro negro viralizou nas redes sociais na segunda-feira (11), o que desencadeou uma série de críticas e elogios na Capital do Paraná. O texto escrito diz: “Prof, vi alguém colando! Programa Delação Premiada, mais 0,5 ponto na média por aluno dedurado”. Pouco depois da postagem, alguns internautas consideraram a mensagem como uma crítica a Operação Lava Jato, que diversas vezes usou o recurso da delação premiada com executivos e políticos presos para obter informações.

Autor da frase e também da foto, o  professor Jeferson Thauny, explicou ao site Banda B que em momento algum teve a intenção de partidarizar o assunto e sim buscar uma reflexão junto aos alunos.Os objetivos preconizados pela PUCPR em seu ambiente interno e que foram citados pelo professor são: autonomia, cooperação, senso crítico, honestidade e dedicação.

Para o professor universitário, essa metodologia foi uma forma diferente de mostrar aos estudantes de jornalismo que o protesto pelo fim da corrupção é importante, mas é importante ainda que eles também não incidam o mesmo erro.

Diversas críticas foram postadas em grandes páginas da internet depois que a informação se espalhou. Alguns internautas brincaram com o fato de que desta forma todas as pessoas passariam a tirar dez. Já outros interpretaram a mensagem como uma crítica  ao juiz Sérgio Moro.

continua após publicidade