Cotidiano

​Júri condena quatro réus por assassinato de policial civil 

Da Redação ·
Quatro réus foram condenados ontem (7) em júri realizado no fórum da Comarca de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), pelo homicídio de um policial civil - Imagem ilustrativa: www.olhardireto.com.br
Quatro réus foram condenados ontem (7) em júri realizado no fórum da Comarca de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), pelo homicídio de um policial civil - Imagem ilustrativa: www.olhardireto.com.br

Quatro réus foram condenados ontem (7) em júri realizado no fórum da Comarca de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), pelo homicídio de um policial civil. O assassinato ocorreu em 5 de setembro de 2013, quando os quatro condenados (acompanhados de um quinto homem, já falecido), foram até um consultório odontológico do centro da cidade para resgatar um detento que estava em tratamento. 

O presidiário foi levado ao consultório pelo superintendente da Delegacia de Polícia de Campo Largo, que estava acompanhado por um agente carcerário. 

Os homens que tentaram resgatar o preso que cumpria pena por roubo chegaram em frente ao consultório com um veículo tomado de assalto. 

O bandido que portava a arma de fogo usada para assassinar o superintendente acabou preso no mesmo dia do homicídio e delatou os comparsas, levando a polícia no local onde eles estavam. Investigadores foram até a casa indicada  e houve troca de tiros entre policiais e criminosos.

No confronto um dos suspeitos acabou morto com um tiro na cabeça. Já o detento que havia sido resgatado foi baleado na perna e no braço direito e a polícia fez a detenção dos quatro homens  que acabaram condenados no júri a penas que variam entre 42 anos e seis meses e 55 anos e oito meses de prisão.

continua após publicidade