Cotidiano

Chuva de granizo afeta mais de 3 mil pessoas em 7 municípios 

Da Redação ·
Chuva de granizo no Paraná - previsão de temporais - Foto: Sharles Moro de Oliveira / Arquivo pessoal
Chuva de granizo no Paraná - previsão de temporais - Foto: Sharles Moro de Oliveira / Arquivo pessoal

A Defesa Civil do Paraná relatou que a chuva de granizo com ventos fortes (com cerca de 60km/h), conforme o Simepar) registrada na noite de quarta-feira (30) provocou danos em edificações que afetaram 3.190 moradores de sete cidades do Estado. O município mais afetado foi Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

Na localidade 300 residências acabaram danificadas. Uma família está desalojada na cidade. Ocorreram muitos destelhamentos, mas ninguém ficou ferido>

Em Curitiba a chuva provocou transtornos nos bairros Tatuquara, Campo de Santana e Cidade Industrial, além de Araucária, Mandirituba, Castro, São Mateus do Sul e Fazenda Rio Grande. Em Mandirituba também choveu granizo e o tamanho do gelo assustou moradores. A Defesa Civil distribuiu lonas e repassou orientações às famílias afetadas.

REGIÃO NORTE 
Já em Cambé, na região norte do Paraná, dois containers foram derrubados com a força do vento no terminal de cargas da cidade.

PREVISÃO METEOROLÓGICA
De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, nesta quinta-feira (31) o tempo permanece quente e abafado, com possibilidade de chuvas rápidas no Paraná.O calor e a umidade propiciam a formação de nuvens de chuva, porém com intensificação a partir da tarde.

São esperadas chuvas localizadas e rápidas, entre o fim de tarde e o começo da noite. Apesar de passageiras, em alguns pontos as precipitações poderão ser fortes e acompanhadas por trovoadas. O risco de temporal não está descartado pelos meteorologistas.

continua após publicidade