Cotidiano

Mandante de atear fogo em quatro ônibus é preso no Paraná

Da Redação ·
Quatro ônibus foram queimados em Cascavel, no Paraná - Foto - Reprodução/Catve.com
Quatro ônibus foram queimados em Cascavel, no Paraná - Foto - Reprodução/Catve.com

A Polícia do Paraná confirmou nesta quarta-feira (30) que prendeu , Lucas Gustavo Pastre, de 36 anos,  suspeito de ter mandado atear fogo em quatro ônibus em Cascavel, na região Oeste do Estado. Pastre acabou detido por policiais que integram a força-tarefa composta por mais de 170 policiais civis e militares para reforçar o patrulhamento nas ruas da Cascavel e ainda apurar as causas dos ataques contra os coletivos do transporte coletivo ocorridos na noite de segunda-feira (28).  

A polícia tem imagens de Pastre em um posto de gasolina comprando combustível e estocando num galão. Ele é irmão de Cleiton Rafael Pastre, que foi morto após confronto com policiais militares na madrugada de segunda-feira (28), depois de invadir um ônibus e atear fogo. Numa troca de tiros, ele acabou alvejado e morto. A polícia suspeita que depois da morte de Cleiton, Pastre teria ordenado outros criminosos a incendiar ônibus.

PRESOS - Investigadores acrescentaram que José Henrique Alves também foi preso sob suspeita de atear fogo num carro na mesma noite. Conforme a policiais, quatro pessoas já foram presas e dois adolescentes apreendidos suspeitos de envolvimento nos incêndios de origem criminosa. Os ataques começaram na madrugada da última segunda-feira (28), depois que um menor foi morto por um policial durante um assalto a residência. O primeiro ônibus foi incendiado por Cleiton Rafael Pastre, primo da vítima e que também foi morto em confronto com a polícia.

continua após publicidade