Cotidiano

Polícia apreende 35 toneladas de cargas desviadas

Da Redação ·
Policiais civis em barracão usado para guardar cargas desviadas - Foto: SESP
Policiais civis em barracão usado para guardar cargas desviadas - Foto: SESP

A cúpula da Polícia Civil do Paraná concedeu entrevista nesta quinta-feira (24) para apresentar dois homens suspeitos de desviarem uma carga de 35 toneladas de produtos alimentícios e de limpeza. Eles acabaram presos por agentes da 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá. A carga foi apreendida em um barração no Jardim Paris.Foram detidos Rafael Pereira Ribeiro, 31 anos, e João Luiz de Souza Francioli, 29 anos. A dupla foi abordada por policiais civis no momento em que chegava no barracão usado pelos criminosos para guardar as mercadorias desviadas. 

Os dois homens acabaram presos depois que policiais foram até uma propriedade na zona rural do município onde Ribeiro residia. Uma carreta frigorífica com as placas clonadas e com cerca de 35 caixas de frango estragado foi localizada no imóvel rural, além de uma caminhonete Mitsubishi preta com as placas clonadas.

Os dois homens foram enquadrados penalmente nos crimes de associação criminosa e receptação qualificada.Os policiais civis localizaram ainda um outro barracão no Jardim Olímpico, onde os detidos escondiam uma carga de produtos de limpeza desviada. “Essa investigação visa desarticular uma organização criminosa que vem causando prejuízos expressivos as empresas responsáveis pelo transporte de cargas no Estado do Paraná. 

continua após publicidade

Dois homens foram presos por desvio de cargas no Paraná - Foto: Sesp


NÚCLEO DE RECEPTAÇÃO - Com essas prisões a Polícia Civil de Maringá atingiu o núcleo responsável pela receptação das cargas”, frisa o delegado-titular da 9ª SDP de Maringá, Osmir Ferreira Neves Junior.A carreta frigorífica e a caminhonete foram encaminhadas para perícia no Instituto de Criminalística. Já os dois homens continuam detidos e à disposição da Justiça. A Polícia Civil ainda realiza investigações relativas a desvios de cargas na região Norte do Paraná.