Cotidiano

​Acidente com caminhão de vacinas afeta imunização em 4 regionais 

Da Redação ·
Sesa confirmou o acidente envolvendo um caminhão com vacinas (Divulgação)
Sesa confirmou o acidente envolvendo um caminhão com vacinas (Divulgação)

A distribuição de vacinas no Norte e Norte Pioneiro do Paraná foi seriamente afetada após O caminhão responsável pela entrega se envolver em um acidente no último dia 15. O veículo transportava as doses para quatro Regionais de Saúde. Em Apucarana, a falta das vacinas contra hepatite A e tetraviral preocupa a Autarquia Municipal de Saúde (AMS).

continua após publicidade

Em nota, a Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana informa que a maior preocupação é com a falta da vacina tetraviral, utilizada contra o sarampo, a caxumba, a rubéola e catapora, devido à indisponibilidade nos mercados nacional e internacional. O mesmo acontece com a vacina contra hepatite A. Outras doses estão com estoque baixo.

Em Londrina, a prefeitura informou que algumas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município ficarão sem vacinas. Isso porque a reposição é feita quinzenalmente na maioria das unidades.

continua após publicidade

A Secretaria de Saúde também reforça que o município está com o estoque zerado das vacinas Tríplice Bacteriana (DTP), que imuniza contra difteria, tétano e coqueluche; Tetraviral e contra a Hepatite A.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou por meio de assessoria o acidente envolvendo um caminhão com vacinas, contudo, não detalhou quantas e quais foram as vacinas perdidas e nem as regiões afetados com a falta dos imunobiológicos. Uma nova remessa de vacinas está sendo esperada para a próxima semana.