Cotidiano

Polícia Civil prende dono de restaurante suspeito de vender vinho roubado

Da Redação ·
Carga apreendida foi avaliada em mais de R$ 200 mil (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Carga apreendida foi avaliada em mais de R$ 200 mil (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Um empresário, dono de um restaurante no bairro Batel, em Curitiba, foi preso na tarde da última segunda-feira (14) suspeito de vender vinho roubado. Os policiais do 8º Distrito Policial (DP) chegaram até o empresário depois de seguir uma Kombi que transportava a carga roubada. Além do dono de restaurante, o motorista que levava os vinhos também foi preso.

continua após publicidade

A carga, com mais de 1.000 caixas de vinho e avaliada em mais de R$ 200 mil, foi roubada em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, no dia 14 de janeiro, por indivíduos armados. Durante a investigação e após denúncias anônimas, os policiais foram até um galpão que fica no bairro Xaxim, em Curitiba. Lá eles encontraram a carga roubada que tinha como destino uma grande rede de supermercados da capital.

“Assim que localizamos a carga, monitoramos o local durante todo o dia, quando em dado momento, no período da tarde, saiu deste barracão um veículo carregado com o vinho. Os policiais acompanharam o carro que se deslocou até o restaurante no Batel”, explicou o delegado-chefe do 8º DP, Cassiano Aufiero.

continua após publicidade

O dono do restaurante e o motorista que transportou a carga foram presos em flagrante e autuados pelo crime de receptação qualificada. Se condenados, os dois podem pegar até oito anos de prisão. As investigações vão prosseguir agora no sentido de identificar o destino do restante de carga bem como identificar outros envolvidos.