Cotidiano

Sem medo da boleia e do preconceito 

Da Redação ·
Mel Biancato passou  em terceiro lugar em concurso e é a primeira mulher a atuar no cargo na prefeitura | Foto: Ivan Maldonado
Mel Biancato passou em terceiro lugar em concurso e é a primeira mulher a atuar no cargo na prefeitura | Foto: Ivan Maldonado

Apesar das mulheres terem conquistado o mercado de trabalho há décadas, em certas profissões ainda não é muito comum vê-las atuando. É o caso das motoristas de veículos pesados. Não na Prefeitura de Ivaiporã, onde a motorista Marilsa Biancato, 34 anos – conhecida entre os colegas como Mel Biancato, atua há um ano prestando serviços na secretaria de Meio Ambiente.

continua após publicidade

Antes de conquistar a vaga, ela sempre atuou como motorista. Ela trabalhou como mototaxista, depois foi instrutora de autoescola e quando fez o concurso da Prefeitura em 2014 passou em 3º lugar. “Na época que trabalhava como instrutora de autoescola havia necessidade e acabei me aperfeiçoando em caminhões e carretas. Não é difícil e eu gosto do meu trabalho”, comenta Mel Biancato.

Ela conta que foi bem recebida entre os colegas de trabalho, apesar de no início haver uma certa desconfiança. “Estranharam um pouco, mas compreendo porque fui à primeira mulher a trabalhar com caminhão na Prefeitura. Mas é uma profissão tranquila, onde todos se respeitam. O manuseio do caminhão é fácil e depois que a pessoa pega certa habilidade é um serviço normal”.

continua após publicidade

Mel Biancato, inicia o trabalho às 7 horas com jornada de 8 horas, é mãe de dois filhos, uma menina de 16 anos e um bebê de 1 ano e 4 meses. “É complicado, mas com a ajuda da minha filha e do meu marido fica mais fácil de estar agilizando. É cansativo, mas vale a pena”, comenta Mel Biancato.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Jayme Ayres, no geral as mulheres são mais econômicas no volante e geralmente fazem maior quilometragem por litro de combustível. “A Mel Biancato é muito cuidadosa e precavida na direção. Ela dirige todo tipo de caminhão e muito bem”, comenta Ayres.

Ayres relata ainda que além de ótima motorista, Mel tem grande capacidade de liderança. “Ela se relaciona muito bem com todo mundo, é respeitada e tem um grande potencial de comando e liderança. Por conta disso, além de dirigir ela também agora lidera uma equipe de trabalhadores braçais”, relata Ayres.

Ele acredita que no próximo concurso da Prefeitura deve aumentar o número de mulheres interessadas pela vaga. “Hoje ela é um exemplo para outras mulheres aqui de Ivaiporã e da região que estão interessadas em se tornarem motoristas de caminhão”, completa Ayres.