Cotidiano

Rússia pretende voltar ao espaço

.

A Rússia deverá colaborar com a Agência Espacial Europeia (ESA) para investigar a existência de vida em Marte. Foto: Rappler
A Rússia deverá colaborar com a Agência Espacial Europeia (ESA) para investigar a existência de vida em Marte. Foto: Rappler

Em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA), cientistas russos pretendem voltar a enviar missões para o espaço, restaurando os dias de glória do país.

Em março deste ano um foguete russo deverá lançar a primeira de duas missões sob o programa Exomars, com o objetivo de investigar a existência de vida em Marte. Ela verificará se há metano na atmosfera de Marte, atrás de atividade biológica. No segundo semestre de 2018, engenheiros russos deverão desenvolver um sistema de aterrissagem para uma sonda construída pela ESA.

Entretanto, devido a crise econômica, o governo russo tem cortado gastos, o que, segundo alguns pesquisadores, continuará ocorrendo e não permitirá a implantação do novo programa espacial.