Mais lidas
Cotidiano

Feriado de carnaval termina com 15 mortes e 329 acidentes no Paraná

.

Acidente na BR-376 vitimou uma professora da PUC-PR e um servidor público (Foto: Divulgação / PRF )
Acidente na BR-376 vitimou uma professora da PUC-PR e um servidor público (Foto: Divulgação / PRF )

O feriado prolongado de carnaval terminou com 329 acidentes, 320 feridos e 15 mortos nas estradas estaduais e federais que cortam o Paraná. O balanço das polícias rodoviárias Estadual e Federal foi feito entre sexta-feira (2) e a Quarta-feira de Cinzas (10) e divulgado nesta quinta (11).

Conforme a RPCTV, desse total, 202 acidentes, 191 feridos e oito mortes foram registrados nas rodovias federais. O índice aponta uma redução de 11,1% no número de óbitos em relação ao mesmo período do carnaval passado, quando nove pessoas morreram. A maior parte das imprudências ocorreu por conta da falta de atenção, velocidade incompatível com a via e falha mecânica.

Durante a operação, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também autuou 820 motoristas por efetuar manobras de ultrapassagem forçada ou em locais proibidos pela sinalização.

E 11,1 mil tiveram imagens das placas de seus veículos capturadas por radares portáteis da PRF por alta velocidade. Outros 48 condutores foram autuados por transportar crianças sem o uso de cadeirinha, bebê-conforto ou assento de elevação. Um dos acidentes, ocorrido na BR-376, na segunda-feira (8), matou uma professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e um servidor público. O carro deles bateu de frente com um caminhão carregado com óleo vegetal. 

O caminhoneiro envolvido também teve ferimentos graves. Já nas estradas que ficam dentro do Paraná, foram registrados 127 acidentes, sete mortes e 129 feridos. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber