Mais lidas
Cotidiano

Impacto das armas taser no cérebro pode prejudicar interrogatórios policiais, afirma estudo

.

As taser são as armas não letais mais favorecidas pela polícia americana. Fonte: independent.co.uk
As taser são as armas não letais mais favorecidas pela polícia americana. Fonte: independent.co.uk

Um estudo feito pela Universidade Estadual do Arizona, e pela Universidade Drexel da Filadélfia, ambas localizadas nos EUA, concluiu que ocorre um declínio cognitivo e no raciocínio após a exposição às armas taser. A constatação colocou em dúvida o método usado pela polícia do país.

O autor principal do estudo, Robert J kane, argumenta que a descoberta desafia a legitimidade dos interrogatórios seguidos após o uso das taser. "Se os suspeitos se encontram debilitados após a exposição, então quando deve começar o interrogatório? Várias pessoas levaram o choque e foram interrogadas logo em seguida."

Fonte: The Independent

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber