Mais lidas
Cotidiano

Homem passa por 160 mordidas de serpentes venenosas em busca de antídoto

.

Tim Friede já levou mais de 100 mordidas em sua busca pelo antídoto. Foto : dailystar.co.uk
Tim Friede já levou mais de 100 mordidas em sua busca pelo antídoto. Foto : dailystar.co.uk

O cientista amador chamado Tim Friede, de Wiscosin, EUA, aguentou 160 mordidas de cobras venenosas tentando se tornar imune ao veneno. 

O cientista, após ser mordido por duas cobras de veneno mortífero, as quais ele mantém em casa, conta que a sensação é assustadora, mas que se sente bem depois das mordidas. "Dói e incha, mas isso é tudo", afirmou ele.

Tim entrou em coma em 2011, após levar duas mordidas consecutivas de suas cobras, correndo sério risco de morte. "É muito bom poder aguentar essas mordidas agora" disse ele. "Comecei isso porque queria ficar imune caso fosse mordido enquanto cuidava de minhas cobras, mas quando analisei os resultados percebi que isso poderia ser usado para o bem comum."

A busca de Tim Friede por um antídoto o fez perder a mulher, após 20 anos de casamento. Ela pediu o divórcio afirmando que as cobras sempre vinham em primeiro lugar, não sobrando tempo para ela nem para as crianças.

Fonte: independent.co.uk

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber