Ipem-PR doa mais álcool etílico e álcool gel - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Coronavírus

Foto por
Escrito por Agência de notícias do Paraná
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, em Londrina, recebeu nesta quinta-feira (02) mais um lote de produtos do Instituto de Pesos e Medidas do Estado – Ipem-PR. O órgão doou 1.654 litros de álcool etílico e outras 207 garrafas e álcool gel com 480 gramas para utilização na prevenção ao coronavírus.

A doação feita nesta quinta-feira se soma a realizada na última terça-feira (31), quando o Ipem entregou, também à Defesa Civil, 7,5 mil luvas de proteção em látex e 298 máscaras de proteção facial.

Uma equipe da Defesa Civil colaborou com o gerente da Regional do Ipem-PR em Londrina, Marcelo Trautwein, para recondicionar esse material, que foi apreendido em ação de fiscalização por irregularidades na embalagem.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) determina que a embalagem do álcool apresente o selo. O selo  Inmetro indica a presença de Certificação dessa embalagem. O conteúdo, ou seja, o álcool está em perfeitas condições para uso e por isso pode ser doado.

O presidente do Ipem-PR, Rubico Camargo, explicou que o problema está na embalagem, e que o fabricante tinha como opção a retirada do conteúdo ou colocar à disposição para doação.

“Fizemos o contato com esse fabricante, que entendeu a necessidade de juntar esforços neste momento de fragilidade, principalmente para os colaboradores que trabalham na segurança da população, como o pessoal da Defesa Civil e da saúde pública, e nos autorizou a fazer essa doação, num gesto de solidariedade”, disse Camargo.

O gerente da Regional de Londrina, Marcelo Trautwein, esteve à frente da operação, supervisionando a troca das embalagens para um recipiente trazido num caminhão da Guarda Municipal. O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, destacou a ação do Instituto e a agilidade para doação de um material que está difícil de encontrar no mercado consumidor e nas indústrias.

Marcelo Trautwein explicou mais uma vez que as embalagens de álcool para uso médico hospitalar e para assepsia das mãos não mantêm essa obrigação de trazer o selo do Inmetro na embalagem. A obrigação se refere ao álcool gel ou etílico para fins de limpeza e para acender churrasqueira.

“Essa é uma recomendação necessária neste momento, para não criarmos mais uma preocupação para a população, que já está suficientemente apreensiva com o novo coronavírus”, ressaltou o gerente.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Ipem-PR doa mais álcool etílico e álcool gel"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.

Mais Notícias