Mais lidas
Ver todos

    Coronavírus

    Para enfrentar o coronavírus, Curitiba vai abrir 844 novos leitos, sendo 237 de UTI

    Foto por
    Escrito por da redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Secretaria Municipal da Saúde reorganizou o atendimento na rede para focar esforços no combate ao novo coronavírus na capital e ao mesmo tempo continuar com os demais atendimentos essenciais à população.

    “Trata-se de um plano de contingência para ganharmos eficiência no enfrentamento à pandemia”, diz a secretária Márcia Huçulak.

    As modificações contemplam, nesta fase, a abertura de 237 leitos de UTI na capital e mais 607 leitos de baixa complexidade em toda a rede do município (pública e particular), reorganização de unidades básicas de saúde, remanejamento de profissionais e alteração do fluxo das Unidades de Saúde.

    Mais leitos
    Os leitos que começam a ser abertos nesta semana são fruto da reorganização feita por conta da pandemia e contemplam hospitais públicos e privados.

    Os 237 novos leitos de UTI representam um crescimento de 31% nas vagas de tratamento intensivo de Curitiba (eram 761 até aqui).

    Considerando os novos leitos de UTI (237) e demais novos leitos (607), há uma acréscimo de 15% na rede toda (sobre a base 5.623.)


    Separação
    As unidades de saúde do município passam a atender de maneira reformulada a partir desta sexta-feira (27/3).

    “Além de abrirmos vagas de atendimento, mudamos o fluxo de pacientes na rede, separando aqueles que podem estar com o novo coronavírus daqueles que procuram as unidades para outros casos, que não deixaram de existir por conta da pandemia”, explica Márcia.

    A secretária destaca que um ponto fundamental dessa estratégia é reduzir ao máximo a transmissão.

    “Nós trabalhamos com o seguinte cenário: 80% de infectados pelo corona desenvolverão apenas casos leves e poderão se tratar apenas com isolamento domiciliar; o restante pode necessitar de internamento hospitalar”, explica Márcia.

    “Quanto mais efetivos formos na contenção da transmissão e no atendimento de quem precisa, melhor o resultado para a saúde pública de Curitiba.”

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Para enfrentar o coronavírus, Curitiba vai abrir 844 novos leitos, sendo 237 de UTI"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias