Mais lidas
Ver todos

    Coronavírus

    Entidades médicas se dizem preocupadas após discurso de Bolsonaro

    Foto por
    Escrito por da redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Diversas entidades médicas reagiram com preocupação ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de quarta (24). Bolsonaro criticou o isolamento e quarentena promovidos pelos estados na tentativa de conter a expansão das infecções por coronavírus. 

    Após ataques do presidente a governadores, à imprensa e medidas adotadas por ao menos uma centena de países, a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) apontou que é "temerário" associar as mortes de idosos na Itália ao clima frio.

    O presidente Jair Bolsonaro tem contrariado a maior parte das medidas da Organização Mundial da Saúde e também do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. "Tais mensagens podem dar a falsa impressão à população que as medidas de contenção social são inadequadas e que a COVID-19 é semelhante ao resfriado comum, esta sim uma doença com baixa letalidade. [...] A pandemia é grave, pois até hoje já foram registrados mais de 420 mil casos confirmados no mundo e quase 19 mil óbitos, sendo 46 no Brasil", diz comunicado da entidade.

    A organização, entretanto, elogia o trabalho do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, "cujas ações têm sido de grande gestor na mais grave epidemia que o Brasil já enfrentou em sua história recente".

    (Folha de São Paulo)


    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Entidades médicas se dizem preocupadas após discurso de Bolsonaro"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Mais Notícias