Arapongas

Sesi vai fechar escola em Arapongas e em outras cidades do Paraná

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Sesi vai fechar escola em Arapongas e em outras cidades do Paraná
fonte: Divulgação

O Serviço Social da Indústria (Sesi) informou que vai diminuir em 20% o número de vagas no Paraná a partir de 2021. Em nota oficial, a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) confirmou que a diminuição da oferta leva em conta o cenário atual e desafios do momento, considerando a viabilidade da oferta, o mercado local, a análise das necessidades da comunidade e da indústria paranaense.

continua após publicidade

No Paraná, o Colégio Sesi conta com 43 unidades e cerca de 10,7 mil alunos. Porém, para o próximo ano, serão disponibilizadas em torno de 8,6 mil matrículas. O Fiep garante que os alunos matriculados em 2020 serão atendidos até o fim de 2020. No Paraná, devem ser fechadas 30 unidades, incluindo Arapongas, Londrina, Cambé, Bandeirantes e Ponta Grossa.

Em Apucarana, a responsável pela educação do Sesi e Senai, Marlene Mariotto Gaspar, diz que as atividades seguem normalmente. “Apucarana continua suas atividades normalmente. É bom informar os pais e responsáveis para que fiquem tranquilos em relação à isso”, explica.

continua após publicidade

Leia a nota na íntegra enviada pela Fiep:

Atualmente, o Colégio Sesi conta com aproximadamente 10.700 alunos. Para 2021, ofertaremos cerca de 8.600 matrículas. Após criteriosa avaliação, a decisão leva em conta o cenário atual e desafios do momento, considerando a viabilidade da oferta, o mercado local, a análise das necessidades da comunidade e da indústria paranaense. Até o final de 2020, os alunos continuarão com as aulas normalmente.

As ofertas de cursos Senai, Faculdades da Indústria, EJA, assim como atividades de promoção de saúde e tecnologia e inovação serão continuados. Os municípios não deixarão de receber os serviços do Sistema FIEP, seja por unidade física, serviços on-line, cursos à distância ou pelas unidades móveis, com foco sempre em atender às necessidades da indústria paranaense.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News