Arapongas

Sergio Onofre deve intermediar greve de trabalhadores da Prodasa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Sergio Onofre deve intermediar greve de trabalhadores da Prodasa
fonte: Divulgação
Sergio Onofre deve intermediar greve de trabalhadores da Prodasa

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, esteve reunido nesta quarta-feira, 13, com membros do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação (STIAAR), entre eles o presidente Anderson Zanelato, advogados Cícero Vieira de Araújo e Aline Reis, além de representantes do setor. Em pauta, a elaboração de propostas que possam trazem fim à greve dos funcionários da empresa Prodasa. A paralisação teve início no dia 18 de dezembro e, conforme os trabalhadores, foi iniciada por atraso no pagamento de salários, 13º e falta dos depósitos do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço – FGTS.

continua após publicidade

“Isso fez com que os trabalhadores ficassem descrentes da empresa, iniciando a greve para receberem seus diretos”, afirma o advogado Cícero Vieira de Araújo. Ainda conforme ele, a Prodasa fez uma proposta inicial aos trabalhadores de pagamento de 50% do 13º de imediato, a folha de janeiro no próximo dia 20 e os demais salários, além de 50% do 13º em março. Entretanto, durante assembleia, a proposta foi negada pelos trabalhadores, alegando atraso também na folha de dezembro. “A ideia é que no mínimo venha o pagamento integral de dezembro. Os funcionários até aceitam o pagamento do 13º no dia 20 de janeiro e o restante em março, juntamente com a folha de pagamento. Entretanto a proposta não veio ainda”, acrescenta Araújo. 

INTERMEDIAÇÃO 

continua após publicidade

O prefeito Sérgio Onofre se propôs a intermediar discussões que possam chegar a uma solução favorável para ambas as partes. “Recebemos o pedido dos donos da Prodasa, para que possamos intermediar conversas a fim de soluções cabíveis. Como poder público, não gostaríamos de ver o fechamento de nenhuma empresa em nosso município, quanto mais uma empresa como a Prodasa, que poderia afetar mais de 400 trabalhadores com mão-de-obra especializada. Queremos ajudar. Tivemos essa reunião com o sindicato e já marcarmos um novo encontro com as partes envolvidas nesse caso”, afirma.Uma nova reunião entre o prefeito, STIAAR e proprietários da empresa foi agendada para esta quinta-feira (13), às 10h, no gabinete.

Tags relacionadas: #Greve #prefeito #Prodasa