Arapongas

Saúde de Arapongas confirma 12 casos de dengue

A cidade divulgou nesta sexta-feira (4), o informe atualizado da doença na cidade

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Saúde de Arapongas confirma 12 casos de dengue
fonte: Prefeitura de Arapongas

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Controle de Endemias, divulgou nesta sexta-feira (4), o Informe atualizado da dengue em Arapongas. Os casos positivos da doença subiram para 12. As notificações estão em 278; 40 em investigação e 226 negativos. No último boletim; de 16 a 22 de fevereiro foram: 259 notificações; sete casos confirmados de dengue; 53 em investigação e 199 negativos.

continua após publicidade

O coordenador do Controle de Endemias, Valdecir Pardini, alerta para os de devidos cuidados. “ A maioria dos casos está na região do Conjunto Flamingos. Os casos têm subido de maneira considerável. Recomendados que a população não deixe água parada e elimine tais depósitos. O uso de repelente também é importante. Durante a passagem das nossas equipes com a pulverização de UBV costal, é importante que os moradores abram portas e janelas”, diz.

Pardini acrescenta também que o período de chuvas intercaladas também contribui para o surgimento de focos do mosquito da dengue. Além disso, muitas pessoas aproveitam as chuvas para o armazenamento de água; deixando os recipientes desprotegidos. "O principal é não deixar água parada. Cada um fazendo a sua parte contribui no combate ao Aedes Aegypt", explica. 

continua após publicidade

Paraná 

O boletim semanal da dengue publicado pela Secretaria de Estado da Saúde registra 22.682 casos suspeitos, com 1.407 confirmações. São 297 casos a mais que o informe anterior. Os dados são do 27º Informe Epidemiológico, do novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e deve seguir até julho de 2022.

Até o momento, 331 municípios registraram notificações de dengue, destes 165 confirmaram a doença, sendo que 125 municípios registraram autoctonia, ou seja, a dengue foi contraída no município de residência. Há ainda, 3.423 casos em investigação e nenhum registro de óbito neste período.

É importante destacar que em 79% dos casos confirmados, o local provável de infecção foi o próprio município de residência do paciente, demonstrando a importância da colaboração dos moradores para eliminar os criadouros em seus domicílios.

Tags relacionadas: #ARAPONGAS #Dengue #SAÚDE